Arquivo

Textos com Etiquetas ‘homenagem ao pai’

Valeu, pai!

12, agosto, 2013 Gabriel Ferreira 1 comentário

Como sempre, tinha me planejado para escrever no fim de semana, mas acabei deixando de lado. Podia deixar passar e depois dizer que estava, na verdade, fazendo um protesto contra essas datas comerciais. Mas não seria verdade. Mais do que isso, seria uma injustiça. Não agradecer a meu pai pelo homem que ele é e, principalmente, pelo homem que ele fez eu me tornar, seria uma falta de respeito – e desrespeito ao pai é uma coisa que não admito.

Há quem diga que tínhamos que agradecer aos pais todos os dias. Já faço em pensamentos, acreditem. Mas nessas datas o bacana é podermos dizer para o mundo todo aquilo que sentimos em nosso interior – e que as vezes falta tempo, coragem ou oportunidade para externalizar.

Por isso, quero aqui deixar bem claro uma coisa: pai, você não é apenas um exemplo que quero seguir. Você não é apenas alguém que amo muito. Você não é apenas uma pessoa a quem devo todo o respeito. “Apenas” é uma palavra que, definitivamente, não cabe em você. Você é tudo isso e é muito mais. Você é o cara que me faz ter a certeza de que batalhar é a única forma correta de obter resultados. Você é o cara que faz com que eu me dedique a sonhar a grande, a querer ser alguém nessa vida. Você é o cara que me ensinou que a gente tem que nunca perder de vista o objetivo de ser o melhor em tudo o que faz. Você é o cara que me segurou sempre que achei que fosse cair – seja da bicicleta, seja do mundo. Resumindo: você é o cara e ponto.

Até para o que alguns dizem que são os meus defeitos foi você quem me moldou – ou será que eu seria palmeirense e falador se não fosse seu filho? Te agradeço até por isso.

Podemos discordar em muitas coisas, mas foi com você que aprendi o quanto é importante valorizar um bom debate, apresentar e defender um ponto de vista e, mais importante de tudo, ter sua própria opinião, mesmo quando ela é diferente da de todo mundo que está a seu redor.

Obrigado por tudo isso e por todas as outras coisas que não haveria tempo ou espaço para te agradecer. Você é o cara e eu quero um dia chegar lá também!