Página Inicial > jornalismo > Podemos confiar no jornalismo online?

Podemos confiar no jornalismo online?

Alec Duarte é uma das pessoas que mais entende de jornalismo online no Brasil. Acompanho seu blog, o Webmanário desde que me entendo como um ser jornalístico e me interesso pelos futuros dessa profissão. Na última semana, Alec deu um grande furo, sobre a saída das Organizações Globo do Facebook, para tentar barrar a perda de audiência que vem sofrendo para a rede social. O assunto virou polêmica e teve toda a repercussão que merecia.

Como efeito colateral, porém, muita gente começou a questionar a notícia, algo que muito dificilmente veríamos se a informação tivesse sido publicada em um jornal e não em um blog. Alec teve até que escrever nova postagem defendendo que jornalismo é jornalismo em qualquer lugar – desde que seja feito com esmero.

Concordo plenamente com ele. Mas acho que não é a toa que existe toda essa desconfiança em torno do online. Muitos blogs já deram barrigadas fenomenais, por ai. Até mesmo gente grande e respeitável. Essa desconfiança por parte do leitor, portanto, chega até a ser saudável. Muito mais saudável do que quando aceitávamos tudo o que o papel nos entregava sem qualquer discussão. Temos sim que questionar nossos jornalistas e a qualidade da informação entregue por eles. Isso é muito diferente de pedir para que fontes sejam reveladas (o que chegaram a fazer com Alec). Com o tempo, vamos vendo em quais blogueiros podemos confiar e quais são meros repassadores de boatos – no caso do Webmanário, os anos que acompanho o blog já me fizeram confiar na história. Assim, vamos construir blogs melhores, feitos por jornalistas melhores e com leitores melhores. Todo mundo vai sair ganhando.

  1. 17, abril, 2013 em 12:42 | #1

    Gabriel, muito obrigado pelas palavras.

    Não podemos nos esquecer nunca que não vendemos papel, ondas magnéticas, banda de internet etc. Vendemos informação, tanto faz onde ela será divulgada!

    Abração

  1. Nenhum trackback ainda.